Como preencher um currículo funcional?

Primeiramente, o currículo funcional é uma excelente ferramenta na busca por emprego.

Pois, em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, se destacar dos demais candidatos é crucial na conquista da sua uma vaga.

Publicidade

Nesse contexto, o currículo funcional vem ganhando espaço, pois ele foca em apresentar as habilidades e competências do candidato.

Em outras palavras, o tipo funcional tem como principal objetivo mostrar no que o candidato é bom e destacar porque o empregador deve contratá-lo.

Publicidade

Você já conhece o currículo funcional? Neste artigo vamos explicar o que é e como elaborar o seu, vamos te auxiliar na conquista de emprego.

Saiba mais sobre o Currículo Cronológico!

O que é o currículo funcional?

O currículo funcional, ou temático, consiste na apresentação de um perfil profissional focado nas capacidades e experiência do candidato. Este modelo tem como aspecto principal colocar em evidência as capacidades e realizações do profissional. Sendo assim, esse tipo também é muito conhecido como currículo baseado em capacidades. Portanto, ele é diferente do tipo cronológico, no qual faz uma espécie de linha do tempo com informações sobre as empresas, cargo e funções atribuídas. Dessa forma, o tipo funcional dá ênfase nas capacidades e habilidades específicas do candidato. Portanto, ele desperta a atenção do recrutador para as capacidades reais e experiências construídas ao longo do tempo. Dessa forma, ao contrário do currículo cronológico no qual foca nos cargos e no tempo onde o candidato trabalhou em casa empresa.

Publicidade

currículo funcional

Quem deve fazer o currículo funcional?

O currículo funcional é adequado aos profissionais nos quais estão migrando de carreira ou no qual têm certo período sem atuar em determinada área. Ele também atende a situações nas quais a experiência de trabalho não é exatamente relacionada à exigida pela vaga ofertada. Além disso, o currículo funcional pode ser utilizado por freelancers, profissionais autônomos e profissionais nos quais passaram algum período de desemprego.

Quais as vantagens e desvantagens do currículo funcional?

Conforme já pontuamos, o principal papel do currículo funcional é evidenciar habilidades e competências. Dessa forma, em alguns casos, pode ser mais importante do que o tempo de trabalho na área. Por essa razão, destacamos algumas vantagens do modelo funcional. Abaixo, veja as vantagens mais importantes dele:

  • Primeiramente, ele pode aumentar as chances de convocação para entrevista, mesmo se o candidato não possuir a experiência solicitada pelo cargo;
  • Trata-se de um modelo ideal a quem está no momento de transição de carreira, pois tem o destaque nas habilidades e a falta de experiência fica menos evidente;
  • Sendo assim, ele permite ocultar as lacunas na trajetória profissional devido a períodos de desemprego e/ou o profissional estava exercendo outra atividade;
  • Desse modo, é adequado para quem tem curtos períodos em empresas diferentes.

No entanto, o currículo funcional também apresenta algumas desvantagens. Veja abaixo:

Publicidade

  • Os recrutadores, humanos ou softwares, podem encontrar dificuldades na localização das informações procuradas;
  • Os empregadores podem entender que o candidato está ocultando informações, pois esse modelo de não detalha o trabalho na área;
  • É um modelo de currículo no qual não é bem-sucedido em áreas e/ou empresas mais tradicionais e estão na busca informações mais específicas para as vagas ofertadas.

Dessa maneira, antes de enviar um currículo funcional, é fundamental observar se esse modelo atende ao perfil da vaga a qual você deseja se candidatar.

Estrutura do currículo funcional

Agora, você já aprendeu sobre o currículo funcional, chegou a hora de aprender como fazer o seu. Portanto, confira a maneira correta de se estruturar de um modelo funcional:

Cabeçalho

Deve constar informações de contato e não deve chamar a atenção. Insira as seguintes informações:

  • Nome completo;
  • Nome da ocupação desejada;
  • Informação de contato: telefone, e-mail, LinkedIn (opcional).

Introdução

Possui a mesma função dos demais modelos de currículo. Você deve escrever um parágrafo breve com a intenção de convencer o recrutador a ler o seu currículo.

Habilidades

Observe atentamente o perfil da vaga e elabore uma lista com as competências necessárias do cargo desejado.

Divida as habilidades em subseções e em cada uma escreva um pequeno texto descrevendo as experiências onde permitiram desenvolvê-las.

Experiência laboral

Embora esse não seja o foco do currículo funcional, você pode colocar o histórico de emprego, destacando as funções desenvolvidas e o período de atuação.

Educação

Descreva a sua formação, sempre buscando dar ênfase nos conhecimentos e proficiências relacionados ao cargo pretendido. Lembre-se, todas as informações devem ser articuladas a fim de dar foco nas habilidades mais relevantes, pois elas são mais relevantes que a sua experiência. Sendo assim, montar o currículo corretamente faz toda a diferença a fim de obter a vaga desejada. Caso ainda esteja procurando a sua vaga, poderá encontrar no Linkedin, uma plataforma voltada ao perfil profissional das pessoas. Portanto, um currículo funcional deve ser simples e focado em aspectos objetivos e assertivos a fim de ter destaque entre os candidatos, conquistando a sua vaga!

Saiba como criar e preencher o seu Currículo Lattes!

Rate this post

Pin It on Pinterest